2007-07-26

Portulaca oleracea L. subsp. oleracea

Nome cientifico : Portulaca oleracea L. subsp. oleracea
Nome comum : Beldroega
Nome regional : Baldorega
Familia : PORTULACACEAE

Comentário : Planta medicinal. Toda a planta, à excepção da raiz. Fotografia tirada em Julho de 2007.

Aplicações principais : Usada em saladas e cozinhadas. É uma planta rica em vitaminas A, B.1 e C. Ao nível medicinal é levemente purgativa e diurética, combate ou evita o escorbuto e é das melhores plantas no combate do colesterol, HDL, quando comido cru. É a planta terrestre mais rica em ácidos gordos omega 3 .

Geral (Julho de 2007)
Folhas (Julho de 2007)
Flores (Julho de 2007)
Macro (Julho de 2007)

8 comentários:

Anónimo disse...

Boa oportunidade de colocar receita culinária de sopa de beldroegas!
A minha é óptima...mas só dou se pedir por favoooor! Ah! Ah!
Aqui vai:
Vá ao seu quintal,junto das caldeiras das árvores,certamente encontra as"portulaca oleracea", colha-as e tire-lhe as folhitas.Numa frigideira frite carne magra, entremeada e entrecosto, depois de bem fritinha escorra a gordura para um tacho onde coloca cebola às rodelas finas,alho picado,tomate, louro,e as "beldroegas" e deixe refogar.Pele e corte batatas às rodelas com espessura de 0,5cm,junte água e deixe cozer, deite ovos,para escalfar, e queijos de cabra meia cura. Sirva com sopas de pão juntamente com a carne. São de comer e chorar por mais.Aproveite, faça e convide alguns amigos para tão bom repasto! Não esquecer que a mesa é um dos lugares onde para além dos sabores alimentares podemos usufruir do sabor e cheiro daqueles que por nós são gostados!

Paulo disse...

Bela receita. Até cresce água na boca...

Nunca tinha reparado na flor das beldroegas. Vou ter de prestar mais atenção quando as voltar a ver.

Ivo Rodrigues disse...

Saudações alentejanas !!!

Caro(a) amigo(a) anónimo(a)

Será que nos podia dar zona/terra de onde vem esta bela receita ?

Haja saúde !!!

Anónimo disse...

Hei-se experimentar a receita do amigo anónimo.
Aqui vai mais outra receita com beldroegas (baldoregas, como se diz lá na terra), esta do Sobral da Adiça e sem carne.
Caldo de beldroegas
Faz-se um refogado com azeite e cebola, quando a cebola já está mole juntam-se as folhas das beldroegas e umas cabeças de alho ainda não seco, deixa-se refogar muito pouco tempo e junta-se água.
(As beldroegas nasciam, como erva daninha, entre as fiadas de alhos que se semeavam para depois secar, fazer as réstaes, pendurar e consumir durante todo o ano. Apareciam quando as cabeças ainda tinham os dentes tenrinhos e sem as películas secas. Como já não temos alhos assim, eu junto vários - 4 ou 5 dentes de alho já seco logo no início do refogado).
Descascam-se batatas, partem-se às rodelas e deixam-se cozer.
depois escalfam-se os ovos e come-se com sopas de pão.
Variante: antes de escalfar os ovos, deitar queijo de cabra fresco e deixar ferver um só uns 2 minutos.
É mesmo de comer e chorar por mais!
______
Também são muito saborosas em sopa com base de batata e cebola em vez de outra qualquer hortaliça. Ficam sempre melhor com alho à mistura.
______
Nota:
Diz-se, mas não tenho qualquer fundamento para o afirmar, que as beldroegas começaram a ser comercializadas aqui na zona de Lisboa por intervenção dos alentejanos e algarvios que as procuravam nos mercados. Posso constatar que há 20 anos não se encontravam à venda e agora há-as um pouco por todo o lado, desde os mercados até aos hiper.
EGomes

Ivo Rodrigues disse...

Saudações alentejanas !!!

Caros amigos/ amigas

Todas as receitas,da zona de Sobral da Adiça e com algum ingrediente das nossas serras, vão ser postados. Não todos de uma vez, mas . . . . de vez em quando.

Haja saúde !!!

Anónimo disse...

Olá! Depois de ter um pé no mundo, mais propriamente em Itália,vi que manifestou interesse em saber a zona de tão boas sopinhas.
Aqui vai,são de Castro Verde,terra onde dei aulas alguns anos, eu? Perto da sua serra, aprendendo a gostar dela através dos blogues e amigos que tanto a veneram,(quase santuário!)e desejosa de a visitar ,aguardo tempo mais fresco.

Ver disse...

A beldroega é a planta terrestre mais rica em ácidos gordos omega 3

Anónimo disse...

Uma ótima oportunidade para falar de outras plantas medicinais que podemos usar na alimentação: serralha, dente de leão, tansagem...
Mari Santos
http://plantasmedicinaisdaamazonia.googlepages.com/