2009-03-30

Será que vale a pena ?

Saudações alentejanas !!!

Tenho andado desmotivado, já me tinham dito mas este fim-de-semana estive lá, as duas únicas plantas da orquídea Cephalanthera longifolia (L.) Fristsch, conhecidas por mim no concelho de Moura, foram levadas. Epá que levassem as flores ainda vá que não vá mas …….. levarem os tubérculos ?
Ora bem a probabilidade de a planta voltar a nascer para o ano, a que levaram, é reduzida e nos seguintes praticamente nula !
As orquídeas precisam de um fugo microscópico para germinarem …. NOS NOSSOS QUINTAIS NÃO HÁ O FUNGO !



As Cephalanthera longifolia, mais perto que conheço agora ficam no concelho de Portel, começo a pensar se realmente devemos mostrar as belezas naturais do nosso concelho ?

Será que vale a pena ?

Haja saúde !!!

9 comentários:

Espinete disse...

É assim que cuidamos do nosso património, quem diz natural diz cultural... A nossa mentalidade, e falo no caso portugues, é muito retrogada e mesquinha... É desmotivante continuar a lutar por uma causa assim, por este andar o nosso património natural e cultural rico vai passar a ser apenas uma história que vamos contar aos nossos netos, ao que nos vão responder, a sério??? isso existiu mesmo???... No entanto continuo a acreditar que a mensagem passa sempre para alguem... Ou sou eu a enganar-me?

Crix disse...

Olá Ivo!
Eu quero acreditar que vale a pena mostrar o que temos e sobretudo que haja postagens como esta tua a explicar porque as orquideas silvestres não devem ser levadas para casa. O nosso maior problema é falta de cultura e conhecimentos e temos que lutar contra isso, ainda que implique algumas perdas. E as perdas não ocorreriam de qualquer forma??

elsa disse...

Tenho pena que não preservem a natureza.
Penso que se calhar é melhor não mostrar a localização exacta dessas orquídeas, apenas indicar a zona de forma vaga e só isso.
Pois dessa forma já não as desbastam.
Mas por curiosidade neste blog encontrei alguêm que diz ter algumas no seu quintal.
Aqui vai o endereço.
http://cheirar.blogspot.com/
Espero que possas contactar com a jardineira e saber mais sobre a localização das suas orquídeas.
OK?
Boa sorte.

Rosa disse...

É lamentável, mas não acontece só por cá. http://news.bbc.co.uk/2/hi/uk_news/england/kent/7207793.stm
Ainda há dias eu mostrava as Cephalantheras do meu jardim. (parece que tenho o tal fungo!).
Eu acho que vale a pena mostrar, no entanto não se deve facilitar as localizações exactas.

Eduardo Marabuto disse...

É de facto triste, muito triste que tal aconteça e faz pensar sobre a opção de alguns em translocar estes pequenos tesouros unicos do nosso património natural... mas por outro lado, apenas têm significado num contexto mais vasto e retirá-los do contexto... tira-lhes grande parte da essencia, digo eu.
É uma pena... e este é o comentário mais construtivo que consigo fazer sobre o assunto...
Abraço e continua a divulgar porque se ninguém conhecesse... também ninguém se importava e pelo menos nós nos importamos.

Ivo Rodrigues disse...

Saudações alentejanas !!!

Pois é pessoal, por causa destas situações é que eu só digo que existem cá e não refiro o local e quem conhece a zona ........ sabe que é bem grande e zonas bem dificeis de explorar.

Enfim mas o que fazer?
Vou continuar a mostrar a beleza desta zona e nada melhor que uma nova orquidea encontrada neste ultimo fim de semana !

Haja saúde !!!

miguel disse...

Ivo bem aja pela preocupação de manter estes tesouros escondidos embora visíveis em fotos (para nosso deleite).Fico TÃO triste quando estas coisas acontecem.Enfim...

Luis Nunes Alberto disse...

O melhor é nunca situares as plantas que observas

Ivo Rodrigues disse...

Saudações alentejanas !!!

Pois isso não o faço, porque se não seria muito pior !


Haja saúde !!!