2007-06-12

Mentha pulegium L.

Nome cientifico : Mentha pulegium L.
Nome comum : Poejo
Nome regional : Poejo
Familia : LABIATAE

Comentário : Planta medicinal. A planta toda. Fotografia tirada em Junho de 2007.

Aplicações principais : Além de condimento, muito usado em caldeiradas de peixe do rio açorda e outros cozinhados, usa-se também na bebida com o mesmo nome ( licor de poejo). Em termos de aplicações na medicina popular em gripes, constipações, tosse e bronquite. É, ainda estimulante em doenças de fígado e nas afecções do tipo histérico.


Geral (Junho de 2007 )
Folhas (Março de 2007)
Flores ( Junho de 2007 )
Macro da flor ( Junho de 2007 )

5 comentários:

MARIA VALADAS disse...

AI, o Poejo... que saudades me trouxe... ainda lhe sinto o cheiro e recordo os caldos de peixes do Rio Guadiana e Rio Ardila, em que o mei pai fazia a sua +pesacria e trazia para casa... e em grande delícias, saboreva tods aqueles aromas..

Somos Visinhos..pois Sobral de Adiça e Moura , também são vixinhas!

Embora eu resida na Zona de Lisboa...vou frequentemente a Moura

Adorei o seu blog...e as recordações ficaram- me há flor da pele.

Obrigada.

Claro que o vou linkar!!

Abraço da

Maria

um pé no mundo disse...

Há dias que entro no seu blog!!
Hoje atrevo-me a deixar um testemunho de apreço pelas fotos, conhecimento e sobretudo por sentir que a serra é "the other woman"!
Obrigada por partilhar o seu santuário ecológico.
Adoro os cheiros do alentejo!
Em mim há cheiro a memórias não muito distantes!(açorda de poejos...madrugada,amigos,cantes...)

Paulo disse...

Não sabia que o poejo era uma "Mentha".
Aprende-se sempre algo de novo aqui na Serra.
Obrigado.

JP disse...

Ola Ivo, antes de mais, parabéns pelo teu blog.
Conheci o Sobral da Adica (o meu teclado não tem acentos, peco desculpa)e a serra, quando dei aulas de formação por essas paragens, já faz 4 anos.
Por acaso levei as minhas alunas (foi mais o contrario, elas e que me levaram!) 'a serra para identificação das plantas e foi muito interessante: numa manha identificamos mais de 50, comestíveis e medicinais, em alturas de Maio.Era engraçado ver as discussões sobre os respectivos nomes populares das plantas.

Agora outro assunto:não sei se és do Sobral ou não, mas vou arriscar a sorte.
Sou o João Pedro, e procuro um conterrâneo teu (?), chama-se António Alcario, trabalhamos juntos aquando dessa formação no Sobral, sei que foi para o Peru, por la' casou, veio para Londres, e desde ai ,nunca mais soube nada dele.
Gostava de reatar o contacto com ele, se me pudesses ajudar...agradecia.
Se todo isto foi um grande equivoco, boa continuação por essas descobertas pela serra!

muito obrigado

João Pedro

email: joaopedr_o@hotmail.com

Anónimo disse...

"...Sobral aldeia querida onde eu nasci...."...este é um pequeno excerto de uma das várias cançoes do Sobral da Adiça...realmente é de louvar iniciativas como esta, pois o Sobral é uma linda aldeia, cheia da história e tradiçoes...